segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Playlist de Novembro!

  3 comments    
categories: ,

Há quanto eu tempo eu não fazia uma playlist, hein? Conheci vááárias coisas novas desde a última, então vamos lá! Espero que gostem =)

1- Let It Go - James Bay



Sabe aquelas músicas que você escuta em seriados, em reality show, em lojas e nunca sabe de quem é? Fiquei chocada quando fui escuta James Bay e descobri essa música, e a próxima.

2- Hold Back The River - James Bay



3- Stitches - Shawn Mendes 



Essa tooodo mundo conhece, né?

4- Believe - Mumford and Sons



GENTE ELES VEM NO LOLLAPALOOZA E EU VOU! Se apaixonem como eu e apareçam lá!

5- Snake Eyes - Mumford and Sons



6- First - Cold War Kids



Outra música que toca no coraçãozinho, e TAMBÉM VEM NO LOLLA,

7- Hunger - Of Monsters and Men



Adivinhem? Também vai estar aqui no Brasil em março!

8- Panic Cord - Gabrielle Aplin 



Pensa em uma música fofa.

9- Turning Page - Sleeping at Last



Essa todo mundo deve conhecer por causa de Crepúsculo haha

10- Bad Blood - Ryan Adams




Bom, é isso. Comentem suas favoritas!
Beijos,
Jú 

sábado, 21 de novembro de 2015

Filme "A Esperança - Parte 2"

  No comments    
categories: ,


Oi, oi, gente! Hoje vim fazer a minha resenha do último filme da trilogia de Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 2. Li essa trilogia bem antes de começar o blog, então acho que não deve existir muitos posts sobre esses livros e filmes. Mas só pra deixar claro: essa é uma das minhas séries favoritas (e sim, vai haver spoilers, então que você ainda não viu TODOS os filmes ou leu TODOS os livros, cuidado)

Jogos Vorazes é um tipo diferente das séries de YA. O foco não é o romance (e mesmo assim ele é incrível), mas sim a guerra, a distopia em si, a crítica explícita a sociedade atual. E, pra mim, os filmes fizeram jus aos livros: acho que é uma das melhores adaptações já feitas (principalmente Em Chamas). Acho que o significado da série foi mantido, e não se tornou uma coisa comercial, e exageradamente romântica, como poderia ter acontecido. Óbvio que tem uma questão comercial e lucrativa, inclusive o marketing dessa trilogia é incrível. Mas pra mim o importante é que não se perca a essência e não acho que isso tenha acontecido, pelo menos não explicitamente. Mas acho que isso parte de cada um pra focar no que considera realmente importante, não é?


Fui ver o final dessa série na quarta-feira, na pré-estreia (que na minha cidade por algum motivo foi 21:15 e não meia noite, mas ok). Como fazia muito tempo que não lia o livro, e não estive muito envolvida nas questões de trailers e tudo mais, minhas expectativas estavam altas, mas eu não sabia muito o que esperar. Eu lembrava muito pouco, mais das mortes mesmo: Prim, Finnick, Boggs, Snow, Coin... Fora isso? Bem, tinha um romance. Mas no final das contas eu estava meio perdida sobre em que ponto a guerra em si estava. Mas pelo que eu me lembrava e o que fui lembrando ao longo do filme, ele foi muito fiel ao livro. Pontos que eu não gostava no livro, continuei não gostando no filme, e meus momentos favoritos foram mantidos.

Sobre as atuações: é claro, não podia ser diferente, todos os atores foram maravilhosos. Josh Hutcherson foi um Peeta maravilhosamente distorcido, partiu meu coração. Jennifer Lawrence não podia ter sido uma Katniss melhor. Liam Hemsworth e todos os secundários foram maravilhosos, como eu já esperava. Mas, pra mim, o destaque foi Jena Malone, que interpretou a Johanna. Que personagem maravilhosa é a Johanna, não? O sarcasmo, a fúria, a sinceridade, ela roubava a cena cada vez que aparecia. No livro eu não gostava tanto dela, mas no filme foi provavelmente minha personagem favorita.



O aspecto artístico do filme, das filmagens e tudo mais, achei maravilhoso. Vou confessar que fiquei meio perdida no filme, mas na maioria das vezes isso se corrige quando assisto pela segunda vez. Mas o figurino, maquiagem, cenário, efeitos especiais como sempre foram incríveis.

Gosto mais de algumas séries do que dessa, mas pra mim Jogos Vorazes tem que ser eleita a cena mais foda e inteligente. A questão da emoção e da personalidade dos personagens é tão bem caracterizada que me impressiona. A crueldade de Snow, gente. Depois de preso, condenado, ele ainda consegue tortura Katniss ao contar que na verdade as bombas que mataram sua irmã não eram da Capital, mas de seu próprio lado. E o entendimento entre os dois sobre o objetivo de Coin, os olhares trocados entre Katniss e Haymitch ao aceitar os novos Jogos Vorazes para que Coin achasse que eles estavam do seu lado, a questão da mídia que é tratada tão bem e de maneira realística...



Acho tudo tão perfeito que nem sei se consigo expressar bem.

Minhas cenas favoritas foram várias: quando Katniss mata Coin, a morte de Finnick (que, aliás, foi a única que me fez chorar), a cena com Buttercup, o casamento de Finnick e Annie, a parte do "real ou não real?"... Foram tantas cenas lindas e perfeitas que só agora consigo perceber o quanto amei de verdade.  Senti falta de alguns personagens como Haymitch e Effie, que ficaram de fora da ação, mas tenho que comentar, aquele beijo do final NÃO estava no livro, mas foi incrível, não? Realização de muitas fanfics por aí haha

Tenho que admitir que o epílogo não me agradou tanto. No livro gostei porque não foi algo tão concreto, sem diálogos, mais uma explicação e uma finalização do que realmente uma cena. Entendo que é difícil fazer isso no filme, mas gostaria que o epílogo fosse algo mais amplo, menos idealizado de certa forma.

Mesmo assim, "há jogos piores para se jogar", não é?

Quero reler os livros e rever os filmes para voltar a me envolver com essa história como era antes. As circunstâncias não permitiram que fosse assim, mas essa série vai ser sempre uma das minhas favoritas pela sua essência, pela sua realidade, pela sua emoção... Toca no meu coração, gente, e acho que é isso que mais me encanta na leitura.

Falei pouco do romance, eu sei, mas não deixei de adorá-lo. Inclusive achei o Gale insuportável nesse filme, mas pelo menos na última cena dele, consegui ver seu arrependimento, sua realização de que sua bomba tinha sido o fim: para aquilo não havia perdão. Como já disse, Josh Hutcherson foi maravilhoso, e o Peeta sempre vai ser um dos meus personagens favoritos por causa da sua gentileza, do seu altruísmo...



Me dá uma tristeza saber que "acabou", mas quem sabe a gente consegue um livrinho sobre os jogos do Haymitch? Essa cena foi cortada em Em Chamas e era uma das minhas favoritas. Não custa sonhar, não é?

Bom, gente, é isso. Se você ainda não leu os livros recomendo muito, assim como os filmes.
E vocês que já viram, o que acharam?
Beijos,